Cidades Desrespeito

Marlyson desrespeita decretos Estadual e Municipal e visita Comunidade Idosa fazendo politicagem

Marlyson não é bem aceito em comunidade de Cruz do Espírito Santo e desrespeita quarentena colocando a vida de idosos em risco.

23/03/2020 21h54 Atualizada há 3 meses
199
Por: Conexão Paraìba Fonte: Redação

 

Prefeito Pedrito de Cruz do Espírito Santo, em atenção as recomendações das autoridades de saúde e, ante a grave situação de pandemia do Covid-19, estabeleceu regras rígidas através de Decreto Municipal, com a finalidade de evitar a disseminação do vírus mencionado. 

Na contramão de todas as orientações, determinações, protocolos e, em um desrespeito sem limites ao decreto em vigor do Governo do estado bem como do Governo Municipal, o Ex-candidato a Prefeito Marlyson na cidade de Cruz do Espírito Santo, fez política extemporânea na zona rural de Cruz do Espírito Santo, colocando em  risco a vida dos idosos que ali residem, principalmente, por serem pessoas de grupo de risco. 

O senhor Marlyson, lamentavelmente, de forma truculenta,  entrou em confronto físico e verbal com o idoso Presidente da Associação de Santana I, o senhor Biu de Domingo e o vice Biu Aiá.

O motivo da discussão se deu em decorrência da presença inesperada do político na comunidade. Ressaltamos que a Prefeitura Municipal de Cruz do Espírito Santo decretou desde a última sexta-feira, dia 20 de março, medidas para conter o contato principalmente com a população de risco, situação desrespeitada pelo cidadão Marlyson que descumpriu todas as recomendações existentes. 

A atitude do ex candidato é um desrespeito aos atos incansáveis da Secretaria de Saúde, que tem desenvolvido um trabalho árduo no sentido de conscientizar a população para ficarem em casa. 

É repugnante tal atitude, não é momento de fazer politicagem. Isto é um ato mesquinho, inconsequente e irresponsável. O momento é de enfrentamento a dissiminação do Covid-19, não de fazer politicagem em momento impróprio.  

Os idosos do local, se estressaram e pediram pra o ex candidato sair daquele ambiente. Um absurdo! Houve discussão entre todos. O ato irresponsável gerou revolta na comunidade local. 

É inadmissível desprezar todo um esforço coletivo  em detrimento de uma ação extremamente particular com a finalidade de se beneficiar em    momento tão difícil que todos nós passamos. 

O ex candidato vencido nas urnas, almeja ser prefeito de Cruz do Espírito Santo, mas suas atitudes são particulares, mesquinhas, individuais e eleitoreiras, ou melhor, politiqueiras, em desrespeito a tudo e a todos. 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ele1 - Criar site de notícias