Logo Portal

Em nota, Eduardo Brito rebate declarações da prefeita Eunice Pessoa

16/06/2020 00h45
Por: Redação Conexão Paraíba
90

O ex-prefeito de Mamanguape, o médico Eduardo Brito, divulgou nota, no início da noite desta segunda-feira (15), rebatendo as supostas alfinetadas da atual prefeita da cidade, Eunice Pessoa, a sua atuação, através da telemedicina, durante entrevista à Rádio Correio do Vale FM.

“Enquanto médico filho de Mamanguape, não poderia me omitir diante do pronunciamento da Senhora Prefeita e de um estimado colega médico, que se posicionaram contra a atuação de um médico”, afirma Eduardo Brito

Confira a nota de Eduardo Brito abaixo:

Nota

“Enquanto médico filho de Mamanguape, não poderia me omitir diante do pronunciamento da Senhora Prefeita e de um estimado colega médico, que se posicionaram contra a atuação de um médico.

Todos sabem que desde a chegada do surto do COVID19, em nossa região, disponibilizei meu contato pessoal em rádios e redes sociais para atendimento às pessoas.

Logo após, com a discriminação da Telemedicina, adotei tal prática para estar perto dos nossos pacientes.

O “alguém” citado na entrevista de hoje tem nome: Eduardo Brito, Médico – CRM : 11909).

Criticar sem argumentos a telemedicina é duvidar da ciência, de todos os estudos que apoiaram a sua implantação nesse tempo de pandemia.

Falar da impossibilidade do médico atender pacientes por aplicativos de conversa é ir contra o Governo Federal, o CFM e a própria OMS.

A telemedicina é uma realidade boa e, talvez por motivos particulares, alguns colegas insistem na medicina arcaica para tratar de uma doença nova.

Eu, mesmo acometido pela Covid19, tenho encarado a doença de frente, e estou acompanhando mais de 200 pacientes, sendo 90% (ou mais) da cidade de Mamanguape.

Um só relato tem se repetido pelas pessoas em nossas ruas é este: que procuram atendimento nas unidades de saúde do Município e até no Hospital Regional e não têm um atendimento adequado.

Sabe-se que muitos gestores, apesar das contrapartidas (ajudas financeiras) do Governo Federal, perderam o controle por atos irresponsáveis de suas gestões, mais preocupadas com programas pessoais do que com a cura do povo e a saúde da economia local.

Em momento algum jamais politizei o discurso, prova esta, que nunca fiz críticas públicas a gestão, apesar de diariamente ter meu nome e minha profissão citadas em postagens e falas de pessoas descompromissadas com a verdade.

Em nossas entrevistas priorizamos a ciência, os artigos mais recentes, dados de primeira linha para dar o máximo de dignidade aos nossos pacientes.

Apesar da gravidade do momento que enfrentamos, tudo que vejo são mesquinharias políticas, às quais não ouso sequer retrucar.

É tempo de somar forças pelo bem do nosso povo.

Tenho honrado o compromisso público que fiz quando me tornei médico e espero que vocês também estejam fazendo o mesmo.

Recordo-me dos ensinos do meu saudoso e honrado pai Edmilson Brito: “meu filho, ninguém joga pedra em árvore que não dá fruto”.

Façam sua parte que estou fazendo a minha

Tenho contribuído, com a sabedoria Divina e os conhecimentos acadêmicos científicos que adquiri, para reduzir a mortalidade no vale e nossa cidade.

Tenho aberto minhas portas diuturnamente para pessoas que tiveram a porta fechada.

Em nossos atendimentos, presenciais ou não, temos duas conclusões:

– nenhum paciente por nós atendido a partir dos primeiros sintomas veio a óbito;

– cerca de 98% tem vencido a COVID19 sem internação hospitalar.

Renovo meu compromisso com cada paciente que têm nos buscado e peço a Deus que nos dê sabedoria para superar as dificuldades do presente momento.

Mensagem do vosso amigo

Eduardo C. de Brito”