Regras do futebol

FPF se coloca à disposição dos clubes paraibanos para explicar as mudanças nas regras do futebol

As atualizações nas regras do futebol vão entrar em vigor a partir do dia 1º de junho. Na Paraíba, a primeira competição, o Paraibano Sub-19, já terá as novas normas em suas partidas

30/04/2019 19h15Atualizado há 5 meses
Por: Redação Conexão Paraíba
Fonte: Globo Esporte Paraíba
Arthur Alves será o responsável pelas palestras com os clubes paraibanos — Foto: Reprodução/CBF
Arthur Alves será o responsável pelas palestras com os clubes paraibanos — Foto: Reprodução/CBF

Com algumas mudanças aprovadas nas regras do futebol, a Federação Paraibana de Futebol (FPF) já está a postos para esclarecer aos clubes paraibanos os novos direcionamentos dentro das quatro linhas, que vão entrar em vigor a partir do dia 1º de junho. Dentre elas, a marcação de mão na bola, o local para substituição dos jogadores, cobranças de tiro de meta e bola ao chão. Arthur Alves, presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol (Ceaf-PB) da FPF, será o encarregado de instruir os clubes acerca das mudanças no futebol.

Os clubes interessados devem agendar as palestras junto ao Departamento de Arbitragem da FPF, através do e-mail [email protected]. Os encontros com os clubes é uma determinação da presidente da FPF, Michelle Ramalho, a fim de capacitar os atletas com as novas determinações após o 133º anual do International Board (IFAB), realizado na Escócia, em março deste ano.

- As palestras são presenciais para todos os filiados. Estava conversando com a presidente para realizarmos um fórum aberto aos esportistas. É uma grande oportunidade de podermos levar até os nossos filiados o conhecimento das novas regras para seus atletas e comissão técnica, consequentemente teremos grandes competições - disse Arthur Alves.

O Campeonato Paraibano Sub-19, que tem início marcado para o mês de julho, será a primeira competição organizada pela FPF já com a aplicação das novas regras. Até o momento, apenas o Botafogo-PB contactou a entidade para buscar a disponibilidade de datas. De acordo com Arthur Alves, o Belo ficou de apresentar duas datas para que a FPF busque o consenso.

Mão na bola

De acordo com comunicado divulgado pela IFAB após o 133º encontro anual de sua história, com a presença de representantes da Fifa, foi decidido que a regra da mão na bola será "mais precisa e detalhada". A nota afirma que gols marcados diretamente com a mão ou oportunidades de gol criadas depois de ganhar a posse da bola com a mão, mesmo que de forma acidental, não deverão mais ser permitidas.

Substituição na linha mais próxima

O comunicado também afirma que, depois de fazer experimentos ao redor do mundo, a IFAB decidiu que os jogadores substituídos passarão a ter a obrigação de deixar o campo na linha mais próxima, seja lateral ou de fundo.

Tiro de meta cobrado para dentro da área

Entre as mudanças está, também, uma pequena alteração com relação às cobranças de tiro de meta. A IFAB apontou que, agora, não haverá mais obrigação de que a bola deixe a grande área na saída de bola em tiros de meta ou cobranças de falta dentro da área.

Bola ao chão

O comunicado ainda cita mudanças na questão de quando o árbitro deve interceptar o jogo para dar bola ao chão. O juiz deverá reiniciar a partida desta forma quando a bola bater em seu corpo.

Goleiro com um pé na linha em pênaltis

Outra mudança ocorrerá no posicionamento dos goleiros em cobranças de pênaltis. Os arqueiros, que antes deveriam permanecer na linha para poder defender, agora só serão obrigados a manter um de seus pés sobre a linha de gol.

Cartões para comissão técnica

A IFAB também aprovou que a má conduta de membros de comissões técnicas deverão ser punidas com cartões amarelos ou vermelhos, assim como já acontece com atletas.

Posicionamento sobre o VAR

No encontro, a IFAB também fez uma análise sobre a utilização do árbitro de vídeo em eventos como a Copa do Mundo, no ano passado. O comunicado afirma que o órgão "expressou sua satisfação com o impacto significante e o sucesso que o VAR teve".

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários